Belhaim

Belhaim.jpg

Belhaim é um vilarejo ribeirinho situada dentro da Floresta Profunda.

Arnholde da Casa Davel, vassalos da Casa von der Tursken, é o futuro lorde do vilarejo e das suas terras ao redor. Enquanto não atinge a maioridade, a Baronesa Orieta é a senhora regente.

Há alguns séculos, Tula Belhaim, uma guerreira forte e corajosa, liderou uma comitiva para caçar e destruir uma grande ameaça na região, o dragão Aeteperax.
A mando do conde e com a benção do rei, por extrema bravura e pelo seu notável feito, a Tula foi dado o título de baronesa, o vilarejo foi então batizado com o nome de Belhaim e foi empossada das terras nesta região,
Muito a baronesa e seus descendentes fizeram para melhorar a região e dar dignidade aos habitantes, que até então haviam por demais sofrido com a tirania do dragão.
Ergueu-se o Castelo Tula, fundou-se a Abadia de São Caerixus e construiu-se uma pedreira de calcário.
Após muitas gerações e alguns conflitos, muita coisa se alterou.
A Casa Belhaim não teve mais descendentes, herdando então o título um parente próximo, Arturic da Canteclure.
Um dos principais responsáveis pelas mudanças foi o Barão Sarvo Canteclure, que durante uma rebelião contra sua família, derrotou os seus irmãos e tornou-se então barão daquelas terras.
No confronto o castelo foi destruído.
Com o tempo a abadia abandonada.
E por fim a Casa Canteclure foi derrotada por Sir Arkholde Davel, tornando-se por sua vez barão de Belhaim.

Apesar de ter uma história riquíssima, o vilarejo sempre foi pouco expressivo no condado.
Economicamente, sobrevive a partir dos recursos extraídos da pedreira e da venda de peles de animais da floresta.

Voltar para povoados

Voltar para localidades

Voltar para a página inicial

Belhaim

Aventuras Esquecidas Marcello Marcello